Rio de Lágrimas: a tragédia das chuvas

Salvamento dramático de uma mulher da enchente em São José do Vale do Rio Preto


É triste ver, de novo, a temporada de fortes chuvas e enchentes que assolam várias cidades dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, trazendo prejuízos, transtornos, mortes e o caos por toda parte.


Além das inundações em vários pontos na capital paulista, Franco da Rocha, na Grande São Paulo, é a mais prejudicada pelas águas que inundaram o município desde a última terça-feira, deixando os moradores ilhados. Em Minas, a chuva destruiu pontes, provocou deslizamento de terra e deixou famílias desalojadas. Ao todo, segundo matéria publicado no UOL, 70 cidades decretaram situação de emergência.

Entretanto, a maior tragédia registrada até o momento concentra-se na região serrana do Rio de Janeiro. Teresópolis, Nova Friburgo e Petrópolis estão sendo castigadas pelos temporais. Até o momento (15h), segundo as prefeituras, 385 pessoas já morreram. As cidades foram tomadas pelas lamas e por toda a parte é possível ver o cenário da destruição. É um verdadeiro "Rio de Lágrimas", relembrando a chamada da capa publicada pelo jornal Extra no ano passado.

Um dos momentos marcantes que temos visto nos telejornais e diversos sites desde ontem, é o salvamento de uma mulher em São José do Vale do Rio Preto. O vídeo ilustra bem o drama de uma moradora em cima de uma casa, resgatada pelos vizinhos por uma corda. Ela ainda tentou salvar seu cachorrinho, em vão. Impossível não se emocionar.



Dos escombros também surgem sinais de esperança e vida, como o caso de um bebê de seis meses resgatado em Nova Friburgo (RJ) pelos bombeiros, depois de passar horas debaixo dos entulhos, juntamente com o seu pai. Um grande milagre!


1 comentários. Deixe o seu clicando aqui!:

Andrew Magalhães M. Santiago disse...

Um momento de grande tristeza e comoção. Resta-nos apenas rezar para que o sofrimento dessas pessoas acabe logo.