Internet para todas as idades

Por: Angélica Neri, Cristiano Morato, Diuân Feltrin, Gustavo Caldeira e Rafael Lopes

Há quem pense que a internet é exclusivamente usada por jovens. Ledo engano. Cada vez mais democrática e de suma importância para a agilidade contemporânea, a rede mundial de computadores atrai adeptos de todas as idades. Redes sociais como Orkut, Facebook, Twitter e Blogs proporcionam uma inter-relação entre os usuários e viabiliza o intercâmbio de informações.


O aposentado Ventura Picasso, 71 anos, faz parte do grupo experimental da academia araçatubense de letras e utiliza com assiduidade redes como o Orkut. Além disso, seu blog
Reflexões do Ventura é atualizado com frequência. Picasso também não dispensa uma boa conversa via MSN. A escrita sempre foi uma de suas especialidades. Durante 35 anos trabalhou em um comércio de infraestrutura de material impresso.

Hoje, ele alterna suas atividades atuando como colunista do jornal Folha da Região. No entanto, o espaço no jornal não é, segundo ele, adequado para expressar algumas ideias, por isso, enxerga no blog uma boa alternativa. “Aquilo que é censurado no jornal, deixo no blog. É minha janela da verdade. Creio que o blog veio para democratizar um espaço que faltava: o da livre manifestação de ideias.


O estilo de texto predominante no blog de Picasso é a crônica, gênero textual no qual o autor tem total liberdade de criação, ao transpor para a ficção um fato real. Política é um dos temais mais comentados em seu diário virtual. “Quando descobri que o blog era um espaço desprovido de censura, me animei. Atualmente, antes de enviar textos para o jornal, coloco-os no blog. Se for publicado, ótimo, se não for, paciência”, revela.


O reconhecimento do espaço virtual utilizado para propagar seus ideais resultou na sua participação no primeiro encontro de blogueiros, realizado pelo blog
Cia. dos Blogueiros. O objetivo foi definir ações, bem como a criação de uma entidade devidamente registrada para representar a classe dos adeptos à blogosfera.

CONHECIMENTO


Seus interesses na web variam muito, entretanto, a política está no topo de suas preferências. “Como pesquisador político, necessito da Internet para saber determinadas coisa como, por exemplo, os prêmios já ganhos pelo presidente Lula”, considera.

Mas a credibilidade das publicações online deixa Picasso com um “pé atrás”. “Isso é um grande problema. É necessário conhecer a fonte e saber a origem do que é noticiado. Procuro pesquisar, ler muito. Passo a maior parte de meu tempo lendo, de modo a fazer uma análise crítica da realidade.”


A leitura ocupa espaço privilegiado na vida de Picasso e para ele, os livros jamais perderão espaço para a internet, ao contrário dos jornais impressos que, segundo ele, já veem suas tiragens sendo diminuídas. “A liberdade de imprensa é muito importante, mas para aquele que fala a verdade. Tanto na Internet quanto no jornalismo impresso, a veracidade é fundamental”, aconselha. Esta veracidade, de acordo com ele, é proveniente da maior riqueza que alguém pode ter: o conhecimento.

(*) Texto idealizado como Atividade Avaliativa da disciplina Jornalismo Online e Novas Tecnologias ministrada por José Marcos Taveira.

7 comentários. Deixe o seu clicando aqui!:

HSLO disse...

Vejo que os mais velhos, principalmente na idade entre 40 e 70, utilizam a internet de forma mais util que os jovens.

A internet é um grande meio de comunicação e fonte de conhecimento, mas que deve ser bem aproveitada.


abraços

Hugo
Nosso-Cotidiano

Oda Moura disse...

Concordo. Jovens não sabem "usar" a internet.

Gostaria que minha mãe e meu pai também fossem como o Ventura, adeptos a essa ferramenta. Facilitaria muito a vida deles e a minha.

Diuân Feltrin disse...

É Nóisssssssssssssss!!!!

Mais uma supermatéria em equipe!!!

Abraços

Nilma Ruas disse...

Excelente matéria, Rafa. Eu não vivo mais sem internet..rsrs
Parabéns a toda equipe.

Caroline. disse...

Conhecimento em qualquer idade nunca é demais.
Beijão =*

Erica Ferro disse...

Adorei a matéria, Rafa. ;)
Foi bom conhecer esse cronista.
Ah, eu deveria usar melhor a internet.
Beijo.

railer disse...

a internet e seu acesso ilimitado nos revela sempre boas surpresas. que bom!