Consciência Negra

Abro o post de hoje, data em que vários Estados brasileiros comemoram o Dia da Consciência Negra, com uma história que retrata o preconceito racial. Embora seja fictícia, ela mostra bem a realidade presente na sociedade. Veja:

Uma mulher branca, de aproximadamente 50 anos, chegou ao seu lugar na classe econômica de uma companhia aérea e viu que estava ao lado de um passageiro negro. Visivelmente perturbada, chamou a comissária de bordo.


- Qual o problema, senhora? Pergunta uma comissária.


- Não está vendo? Vocês me colocaram ao lado de um negro. Não posso ficar aqui. Você precisa me arrumar outro lugar, respondeu a senhora.

- Por favor, acalme-se. Infelizmente todos os lugares estão ocupados. Porém vou ver se ainda temos algum disponível, disse a aeromoça.


A comissária se afasta e volta alguns minutos depois.


- Senhora, como eu disse, não há nenhum outro lugar livre na classe econômica. Falei com o comandante e ele confirmou que não temos mais nenhum lugar. Temos apenas um lugar na primeira classe.

E antes que a mulher fizesse algum comentário, a comissária continua:


- Veja, é incomum que a nossa companhia permita a um passageiro da classe econômica se assentar na primeira classe. Porém, tendo em vista as circunstâncias, o comandante pensa que seria escandaloso obrigar um passageiro a viajar ao lado de uma pessoa desagradável.


E, dirigindo-se ao senhor negro, a comissária prosseguiu:

- Portanto, senhor, caso queira, por favor, pegue a sua bagagem de mão, pois reservamos para o senhor um lugar na primeira classe.
E todos os passageiros próximos, que assistiam à cena indignados, começaram a aplaudir, alguns em pé.


Diga NÃO ao preconceito racial. Somos todos uma única família. Precisamos respeitar e amar essas pessoas. Espero que reflitam na história acima e façam o mesmo quando verem um amigo ou qualquer negro sendo discriminado.

19 comentários. Deixe o seu clicando aqui!:

Nilma Ruas disse...

Lindo post, Rafa! Embora seja fictícia a história me emocionou bastante.

Beijão, Rafa!

Caio Lima disse...

uau
tomou no &%4* essa moça hein!
mas na realidade ainda precisa acontecer muitas dessas histórias para q o preconceito racial seja definitivamente extirpado da sociedade.

bom fim de semana

Ausência Instável disse...

Sinceramente, isso me tocou.
É o tal do tipo ESNOBE, que eu não aceito tambem ...
É claro que existe umas brincadeiras tipo: " Por isso que eu odeio negro" kkk ... Mas sao algumas das atitudes que as pessoas da raça nós transmitem por causa do que fazem conosco.

Bom, mas no caso do avião, eu gostei porque todos a voltam viram, e serviu de exemplo.

Parabéns, pelo POSTE!!!

É merito.
Beijao!

DANIZINHA disse...

Eu acho esta história bem comovente e, foi muito oportuno colocá-la aqui para ilustrar esta data.
Eu acho que preconceito é algo que apenas mostra o quanto ainda há para crescermos. Pois, preconceito racial ou seja ele qual for, é retrocesso.

beijos

FOXX disse...

eu teria levantado pra aplaudir tb
hehehe

Caroline. disse...

muito bom *________*

Paulo [ALT] disse...

rafel, curti teu blog cara. O template dele eh fantástico, parabéns por ele.
Foi vc que criou o conto?? É de uma ironia tão sutil, agradável, que ficou perfeito.
também vou te seguir lá no twitter
e aqui tb
espero q a gente se fale mais
blz?
abraçoo

Paulo [ALT] disse...

ps. te linkei lá no meu tb ^^
excelente começo de final de semana pra vc hehe

Rafael Lopes disse...

:: Opa Paulo, valeu por add ae. Não fui eu quem criou a história não. Bom, certeza, vamos nos falando sim. Abraço.

:: Infelizmente ocorre várias histórias parecidas como essa. Ainda somos sim, preconceituosos.

Abraço

HSLO disse...

Muito bom post...viu Rafa...
Desculpa pela ausência.


abraços de luz e paz.
Hugo

Rafa Cullen disse...

Eu teria levantado e aplaudido muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuyto \õ/

Luciana disse...

Não ao preconceito! õ/ Eu teria levantado e aplaudido muito[2]

Erica Ferro disse...

Rafa, tinha lido esse texto e me emocionei bastante quando o li pela primeira vez.

Certas pessoas não tem noção da diversidade da espécie humana. Aliás, não para pensar e ver isso.
Todos somos diferentes, TODOS!
Cada um com seu jeito, sua cor e seus gostos.
Deveríamos aprender a aceitar o outro de forma natural, pois somos diferentes, enfim.
Discriminação e preconceito são coisas tão absurdas e repugnantes!
Coisas de gente pequena e que não pensa, de pessoas más, enfim.

Ótimo post!

Um abraço.

Clebinho disse...

Parabéns Rafa, interessante a história, mas ficar apenas no bonitinho e elogios não conta.
O que realmente enaltece são nossas atitudes do dia a dia, derrubando a barreira do preconceito que infelizmente existe, e até mesmo por parte de algumas etnias.

Excelente final de semana amigo.

Denilson D'Almeida disse...

adorei a imagem da mulher negra amamentando!

como sempre suas postagens são ótimas!

Gilson disse...

Necessitamos com urgência extirpar de nossa sociedade qualquer tipo de preconceito. Não é mais possível, nos tempos de hoje, concebermos quaiquer que sejam diferenças entre nós. Somos todos iguais independente de ideologias, cor, crenças, raça ou preferências sexuais.

Abs

Tamyris Araujo disse...

Parabéns pelo post. Perfeito.

Leandro disse...

As coisas seriam muito mais fáceis se as pessoas soubessem que só existe uma raça: a raça humana. O resto são apenas detalhes da diversidade (peso, cor da pele, covinha nas costas, etc).

Bom.. valeu pelos elogios no video da caverna do dragão. A voz é a original do desenho, por isso tá igualzinha.. hehehe

railer disse...

eu conhecia esse texto. muito bom mesmo. agir com preconceito é algo muito feio. temos que lutar contra ele, seja qual for.